ALAI, América Latina en Movimiento
2012-11-01

Colombia,EE.UU,Panama

Fatos de nossa América

Joaquín Piñero
Clasificado en: Política: Politica, | Internacional: Internacional, | Social: Social, |
Disponible en:   Portugues       
Compartir:


Cuba
 
O furacão Sandy que, desde o dia 25 de outubro, vem causando destruição em todo Caribe, com ventos de mais de 165 km/h, deixou 11 mortos em Cuba, 9 mortos no Haiti e um na Jamaica, além de destruir e danificar milhares de casas, inundar plantações, derrubar árvores e postes e bloquear estradas, segue agora rumo à costa dos Estados Unidos.
 
No dia 29, embarcou rumo ao Haiti e a Cuba, um navio venezuelano carregado com equipamentos, maquinarias e 250 toneladas de alimentos para suprir a necessidade emergente desses países. Também está previsto, rumo à Cuba, um avião com outro carregamento de 16 toneladas de socorro humanitário. Em seguida, outro voo com carga similar chegará ao Haiti.
 
Durante a despedida do navio, representantes do governo da Venezuela, disseram que essa ajuda também é uma mostra de agradecimento à permanente solidariedade e dos nexos incondicionais entre Cuba, Haiti e o povo venezuelano.
 
Colômbia
 
Em discurso pronunciado no encerramento da Assembleia do Partido de La U, o presidente da Colômbia Juan Manuel Santos defendeu sua proposta de diálogos com as Farc-EP e disse não entender as críticas que vem recebendo do ex-presidente Álvaro Uribe, uma vez que o governo anterior buscou durante cinco anos essas negociações.
 
Santos ainda revelou que durante esse período houve quatro lugares propostos para essas negociações mas que não se avançaram por vários motivos e que pediu ao Brasil para servir de intermediário.
 
Este processo de negociações com a guerrilha agora está se desenvolvendo em Cuba, após uma rodada de conversas e acordos em Oslo, na Noruega, conta com Venezuela e Chile como garantidores.
 
EUA
 
Na reta final das eleições nos Estados Unidos da América, as pesquisas divulgadas, dia 29 de outubro, pela ImpreMedia y Latino Decisions, indicam que 73% dos hispânicos registrados para votar, apoiam o democrata Barak Obama e só 21% preferem Mitt Romney.
 
As pesquisas revelam também que é cada vez mais crescente a participação dos latinos nos debates e no processo eleitoral, o que por si só pode significar um recorde de participação de uma população que é considerada a primeira minoria do país.
 
Nas eleições passadas, dois terços dos eleitores de origem latina escolheram Obama por seu discurso mais favorável às políticas pró-migrantes e foram fundamentais para a vitória do atual presidente.
 
Panamá
 
A Assembleia Nacional do Panamá derrubou, dia 28 de outubro, a polêmica Lei 72 de 2012 sobre vendas de terras da chamada Zona Livre de Colón. Essa Lei, sancionada dia 19 de outubro pelo presidente Ricardo Martinelli, foi o estopim dos sangrentos conflitos em Colón e que se estenderam por todo país.
 
Dez dias de lutas nas ruas com protestos e mobilização massivos organizados primeiramente pela população de Colón –segunda cidade em importância econômica e demográfica do Panamá, e que foi ganhando apoio em todo país – pautaram o Congresso que se viu obrigado a derrubar a polêmica lei.
 
A repressão policial mobilizada pelo governo, deixou um saldo de quatro mortos, um número ainda não contabilizado de feridos e centenas de prisões.
 
http://www.brasildefato.com.br/node/11058


http://alainet.org/active/59274&lang=pt




[Página de búsquedas]  [Página principal]  [Main Page]  [Regresar]
Quienes somos | Área Mujeres | Minga Informativa de Movimientos Sociales